A política imigratória da administração trump. Quais bárbaros nos portões?

1. Os caminhos imprevistos da ciência A ciência progride pelos caminhos mais imprevistos possíveis. Na obra recém-publicada, intitulada Semiótica, Direito & Arte: entre Teoria da Justiça e Teoria do Direito[1]– que conta com os prefácios de François Ost, Antoine Garapon e José M. A. Linhares – me reencontro com o meu próprio percurso acadêmico, iniciado no campo … Ler mais

A ciência política brasileira também odeia os povos indígenas?

Caminhos da Revolução Brasileira Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium, totam rem aperiam, eaque ipsa quae ab illo inventore veritatis et quasi architecto beatae vitae dicta sunt explicabo. Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores eos qui ratione … Ler mais

Governo Bolsonaro: a busca de “relações carnais” com os Estados Unidos de Trump?

Roberto Goulart Menezes
Em outubro de 2018, dias antes do segundo turno das eleições presidenciais, o então candidato Jair Messias Bolsonaro afirmou que seu objetivo seria fazer o Brasil voltar 50 anos em 4. Na política externa parece que o agora presidente está recuando muito mais no tempo.

Tempos de Crise

Por Natália Mello
Durante as eleições presidenciais no Brasil, em 2018, o livro mais vendido pela Amazon brasileira foi “Como as Democracias Morrem” dos norte-americanos Steven Levitsky e Daniel Ziblat. Trata-se de uma obra recém-lançada de dois cientistas políticos da Universidade de Harvard, acostumados ao estudo do declínio e quebra da democracia em diferentes países, mas agora estarrecidos por perceberem que os sinais habituais de corrosão do regime democrático despontavam nos Estados Unidos, um país reconhecido por ter um sistema inteiramente consolidado.

O que esperar do governo Bolsonaro? Expectativas referentes à Política Externa Brasileira

Por Neusa Maria Bojikian
Tudo que se tem no momento no que diz respeito à orientação de Política Externa Brasileira (PEB) no âmbito do governo sob representação presidencial de Jair Bolsonaro (PSL) e de Ernesto Araújo, como ministro das Relações Exteriores, são incertezas.